Com o nome de PodcastsMG, o grupo de podcasters que compõe o uaiPod surgiu em janeiro de 2017, no telegram, criado por podcasters mineiros, com o objetivo de aproximar os produtores residentes no estado de Minas Gerais, trocar informações e experiências e promover crossovers e encontros.

Com o tempo, o crescimento do grupo e a inspiração trazida pelos encontros POCA no Espírito Santo, a vontade de organizar os encontros foi só crescendo.

Durante a idealização do primeiro encontro, o grupo decidiu o tipo de evento que gostaria de organizar e definiu o nome “uaiPod”, numa brincadeira entre a expressão caracteristicamente mineira e o dispositivo da Apple que alegadamente inspirou o batismo da mídia Podcast em 2004, além de inquestionavelmente ter auxiliado na popularização da mídia. A descrição Encontro Mineiro de Ouvintes e Podcasters, também é uma expressão do ideal dos organizadores de dar as boas vindas a todos que quiserem prestigiar o evento.

A primeira edição do uaiPod foi realizada em 19 de agosto de 2017, na Câmara Municipal de Belo Horizonte. O evento foi um bate-papo descontraído no qual os realizadores puderam apresentar seus programas e conhecer outros podcasters. Nesta edição, contamos com a apresentação de Marcelo Cafiero (Entre Fraldas, Paternidades, Hiperativo), Marcelo Pereira (Tem Base, Granma), Leonardo Guimarães e Luciana d’Anunciação (X-Poilers), Priscila Armani (O Que Assistir), Ana Eliza (PodProgramar), Rodrigo Cornélio (Entre Fraldas, Paternidades), Marcus Alencar (LeituraCast) e Rafael Souza (Tricotando).
Também esteve presente no encontro o Emerson Almeida do Megafono, uma plataforma voltada para produção, hospedagem e publicação de podcasts

No 2° uaiPod, realizado no dia 21 de outubro de 2017, no Sesc Palladium, representantes de mais de 10 podcasts colocaram em pauta a interação e o uso do entretenimento como ferramenta de reflexão. O evento contou com dois debates: o primeiro teve como tema “Um podcast de entretenimento pode cumprir outras funções sociais?”. Participaram da discussão, programas que tratam de Cinema e Entretenimento, como o Cinematório Café, o Cultura Geek, o Feito por Elas e o X-Poilers. A valorização da diversidade e a importância da cultura e da educação estiveram no foco do debate.
 
A segunda mesa discutiu “Como o podcast pode promover uma revolução cultural?”. Os debatedores foram os representantes de programas de temas variados, como o Entre Fraldas e o Sem Choro, que abordam questões relacionadas à paternidade contemporânea; o Balanço Focado que trata de produtividade; o Que Viagem Cast que fala de turismo e o Tricotando, que promove um bate-papo semanal sobre diversas temáticas. Além das estratégias utilizadas pelos podcasters para abordar os diferentes assuntos, também foram debatidos os desafios de conquista de ouvintes e formas de viabilização financeira dos podcasts.
Em Abril de 2018 foi realizado o uaiPod2018, a terceira edição do evento. O público conheceu mais sobre a mídia podcast com representantes mineiros, cariocas e paulistas.
A programação foi em três mesas de debate. A primeira delas teve como tema “A importância da edição para o podcast” e contou com a participação do carioca Leonardo Mogli, editor e participante do podcast de humor Galera do RAU; o mineiro Renato Silveira, do Cinematório Café; e o crítico de Cinema do Estado de Minas e idealizador do Programa do Pipoqueiro, Marcelo Seabra. A mediação foi da jornalista Priscila Armani, do podcast O Que Assistir.
A participação das mulheres e de pessoas LGBTQ+ na podosfera também foi tema de discussão no evento. A mesa foi composta pela paulista Cal Cruz, do podcast Então, É Isso!, do agregador web Ouvindo Podcast e da plataforma de financiamento coletivo recorrente Colabora.aí; pelas mineiras Raquel Gomes e Stephania Amaral, ambas dos podcasts Feito por Elas e Cinematório Café; e por Eduardo Henrique “Filhote”, dos podcasts Machinecast e PodBrisar. Karin Voll, co-host do podcast X-Poilers, foi a mediadora dessa mesa. O público contribuiu com depoimentos que reforçaram que há muito machismo na mídia podcast e que mulheres, negros e outros grupos ainda são tratados como cotas.
Para encerrar o evento, a terceira mesa contou com a discussão sobre “Financiamento coletivo: uma solução para o podcast?”, com a presença do paulista Fabio Franzoni, do podcast Pow de Cast, do agregador web Ouvindo Podcast e da plataforma de financiamento coletivo recorrente Colabora.aí; Rafael Souza, do programa Tricotando; o educador mineiro Marcelo Cafiero, dos podcasts Entre Fraldas, Paternidades e Hiperativo e Emerson Almeida, da plataforma de hospedagem Megafono. Essa última mesa foi mediada por Ana Eliza, do programa PodProgramar.

A partir do desejo dos membros do grupo de ajudar uns aos outros na divulgação dos programas e o apoio do Megafono, estreou em 20 de abril de 2018 o uaiPod – o Podcast Mineiro sobre produção de Podcasts, um programa que se propõe a abordar de forma educativa os diversos aspectos sobre a produção de podcasts, além de divulgar os podcasts mineiros e os áudios gravados nos encontros presenciais.

Texto escrito por Priscila Armani, com contribuições de Luciana d’Anunciação e Karin Voll